Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Com a Reforma Tributária, será o fim do consultor tributário?

Navegue aqui

Muitos mitos são tomados como verdade quando se discute a proposta em tramitação no Congresso

Toda mudança no mercado gera ansiedade, mesmo quando surgem como meros boatos. Nos meus 21 anos de atuação já passei por muitas situações em que colegas se viam desesperados diante de uma notícia que, às vezes, sequer provou ser verdadeira.

Com a mais recente proposta da Reforma Tributária, este mesmo fenômeno voltou a acontecer. Muitos interpretaram a simplificação do sistema tributário prometida por ela como o fim do consultor tributário. Mas será verdade?

Após a Reforma, não haverá mais serviço de recuperação tributária?

Antes de começar este artigo, acho importante ressaltar: o que falarei aqui é apenas minha honesta e sincera opinião, baseada na minha longa experiência como empreendedor tributário. Não tenho a pretensão de dar minha palavra como verdade absoluta, mas, sim, compartilhar com vocês o que eu acredito que nos espera pela frente.

Dito isso, vamos ao básico: a Reforma Tributária visa trazer simplificar nosso sistema de tributação, tornando menos complexo realizar tais operações. Mas isso dificilmente vai acontecer.

Esta é a minha visão do assunto porque, visto que o Brasil é um país continental e nosso sistema tributário é muito extenso, é muito difícil, para não dizer impossível, simplificar ao ponto que todos, indubitavelmente, dominarão completamente o assunto. 

Portanto, posso concluir que a figura do consultor tributário não será extinta, mesmo que a Reforma seja aprovada. Continuaremos sendo fundamentais como consultoria para empresas e organizações que buscam recuperação tributária, além de servir como guia nesse sistema.

Outra questão é que a previsão é de que a Reforma inicie em 2026 e finalize apenas em 2033, ou seja, só daqui dez anos. Isto se, é claro, a proposta passar por todas as tramitações legais sem sofrer alterações e ser oficializada pelo Congresso ainda este ano. 

A recuperação tributária analisa os últimos 60 meses de tributação de uma empresa, com o objetivo de identificar irregularidades e corrigi-las. Se, por motivos extraordinários, a Reforma fosse aprovada hoje e já implementada com novas regras, ainda teríamos 5 anos de tributos sendo recolhidos pela norma antiga para analisar e aplicar as correções.

Quando falamos de recuperação tributária, estamos falando de passado. Para atuar de maneira eficiente, precisamos olhar para trás, e não prever o que vem pela frente. Na “pior” das hipóteses, com a Reforma sendo aprovada, ainda teríamos 15 anos de trabalho pela frente.

Como devo me portar em relação à Reforma Tributária?

Se você deseja meu conselho sincero, a resposta é: não se preocupe. Sofrer por antecedência não te levará a nada, No cenário atual, muitos boatos e incertezas sobre essa tramitação irão surgir, e ficar com fixação nelas apenas irá te atrapalhar.

Só devemos começar a debater este assunto a sério quando houver material concreto sobre ele. Ou seja, quando a tramitação no Congresso evoluir até uma definição legal, pois por enquanto temos apenas um projeto de lei.

O cenário no qual estamos é imprevisível. Se você esperar uma definição para agir ficará estagnado, vendo outros consultores se desenvolvendo enquanto você permanece no mesmo lugar. Eu passei por muitas situações semelhantes e só cresci no empreendedorismo tributário porque resolvi tomar uma atitude.

Faça como eu e aja com o agora. Se preocupe com as dores que as empresas estão sofrendo hoje: impostos altíssimos, sem caixa para manter uma renda de segurança, com muita dificuldade de conseguir crédito com instituições financeiras devido à alta dos juros. 

Elas precisam da sua ajuda para passar por esse momento. Há diversos nichos a serem explorados e um mercado carente de informações. 

Se preocupe apenas com a regulamentação atual. Lembre-se que o período previsto para implementação total da Reforma compreende, no mínimo, três ciclos eleitorais. Não sabemos se o governo atual permanecerá até lá ou se será substituído por outro, então tudo poderá mudar nessa tramitação a longo prazo

Seu foco, nesse momento, é atuar com o que você tem em mãos. Deixe para se preocupar com a Reforma Tributária quando ela for parte da realidade, e não um plano para o futuro.

Só serão extintos os profissionais que param no tempo

Eu costumo dizer que só cresce no empreendedorismo tributário quem está em movimento, procurando oportunidades para evoluir. Os profissionais que não se desenvolveram serão extintos com ou sem Reforma Tributária. Afinal, ninguém quer os serviços de quem está atrasado no tempo.

O profissional tributário precisa estar atento às novas oportunidades. Logo, a nova Reforma, se aprovada, não será exatamente uma ameaça, mas sim um novo ciclo capaz de impulsionar quem souber trabalhar nessa transição.

Vai sair na frente quem estiver mais preparado. Quem dominar a legislação atual e acompanhar as notícias sobre a Reforma, a tom de informação, estará mais apto se ela realmente for implementada. Não tire seus pés do chão e comece a pensar apenas no futuro para não colocar sua carreira em risco.

A Reforma Tributária não será a causa da nossa extinção. Pelo contrário: as empresas vão precisar de profissionais tributários para adaptá-las ao novo sistema. Se não há uma total compreensão dessa regulamentação, que está vigente desde a década de 60, imagina então com uma totalmente nova?

Portanto, volte sua atenção para o cenário atual e deixe o futuro para mais tarde. O mundo ainda precisa de quem entende de tributação – e continuará precisando por muitos anos!

Anderson Souza

Compartilhe com seu sócio

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Junte-se ao nosso boletim informativo

Junte-se a milhares de profissionais e torne-se um profissional tributário de mídia social melhor. Obtenha recursos e dicas de recuperação tributária em sua caixa de entrada.

Marketing por

Posts recentes

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Busque

Posts Recentes

Siga nas redes sociais

Abrir Chat
Precisa de ajuda?
Olá, tudo bem? 🖐
Precisa de ajuda?