You are currently viewing Como criar uma empresa de Recuperação Tributária do zero?

Como criar uma empresa de Recuperação Tributária do zero?

O empreendedorismo nunca foi tão fomentado quanto ultimamente, afinal ele tem se mostrado um grande recurso para o desenvolvimento e geração de novos postos de trabalho em nosso país – segundo levantamento feito pelo Sebrae, os negócios de pequeno porte geram 119 mil dos mais de 157 mil postos de trabalhos com carteira assinada registrados no mês anterior.

Agora, se está com dúvida em relação a área que deve atuar, aqui vai uma informação quentinha: o setor de Recuperação Tributária tem se mostrado muito promissor nos últimos anos e sabe por quê? No Brasil, cerca de 80% das empresas atuantes pagam os tributos incorretamente. Não precisamos falar mais nada, não é mesmo?

O critério para abertura de empresas que prestam o serviço de recuperação de tributos não é diferente de qualquer outro tipo de negócio. Com base na minha experiência com a Arte Fiscal, hoje vou passar alguns cuidados que deve ter para iniciar nesse setor. Se tiver todos os cuidados, garantimos que sua empresa irá prosperar por muitos e muitos anos. 

Por onde começar?

Na minha visão, antes de começar a prestar o serviço de Recuperação Tributária, você precisa acima de tudo estar tecnicamente capacitado para a função – já falamos sobre o assunto nesse artigo. Se você curte estudar e explorar novas áreas de atuação, adquira conhecimento técnico por meio de cursos de qualificação direcionados para esse serviço. 

O segundo passo é o investimento para o negócio. Surpreendentemente, por se tratar de um serviço que, inicialmente, pode ser realizado pelo próprio fundador da empresa – sem a necessidade de grandes equipes de operação – abrir um escritório de Recuperação Tributária não demanda um alto capital inicial. Para começar, você precisará apenas de um bom computador e ter horas disponíveis para dedicar a esse trabalho – aconselho até a realizá-la paralelamente com a sua atividade atual até que a sua empresa se torne rentável.

Se você põe esse modelo em dúvida, fique sabendo que comecei a Arte Fiscal exatamente dessa forma. Por já ter um salário fixo garantido do meu trabalho CLT, todo o dinheiro que ganhava com os projetos pilotos era reinvestido na empresa. Consegui repetir esse processo ao longo dos anos até que a empresa fosse suficientemente rentável para que eu atuasse apenas nela e conseguíssemos construir uma estrutura sem precisar de investimento de terceiros.

Bônus: Como conquistar seu primeiro cliente?

Vou te contar um segredo muito simples e que irá mudar sua perspectiva do mercado: o contador que tem nicho vende MUITO mais. Você deve estar pensando ‘como isso é possível se, tecnicamente, vou reduzir a minha atuação?’. Eu explico e você ficará de queixo caído.

Como já falei, quando comecei a AF eu atuava como Gestor de Tributos de uma empresa. Assim que comecei a atuar como autônomo, escolhi a companhia que trabalhava como CLT para ser meu primeiro cliente. Após algum tempo cuidando apenas da operação, decidi mudar meu mindset e tentar estratégias novas de prospecção. 

O método que adotei era identificar gargalos no negócio em questão e oferecer uma consultoria gratuita para solução do problema. Com o tempo de trabalho, além de solucionar o problema dele, as próprias empresas identificavam o valor do nosso serviço e nos contratavam para assumir toda a contabilidade do negócio – ou seja, conseguimos reverter uma consultoria gratuita em um trabalho recorrente.

Essa estratégia pode ser potencializada se você a utilizar em nichos específicos. Isso porque, se estudar uma fatia concentrada do mercado, você entenderá muito melhor sobre o assunto e, principalmente, sobre as dores que assolam aquele setor. Consequentemente, sua abordagem será mais assertiva e a sua credibilidade irá para as alturas.

Quer ter mais conhecimento técnico de Recuperação Tributárias para abrir sua empresa? Participe de nossa mais nova edição do Curso Completo de Recuperação Tributária na Prática. Tenha acesso a materiais exclusivos e aprenda na prática sobre o universo da consultoria tributária. Garanta já o Curso de Recuperação Tributária

Este post tem 17 comentários

  1. Márcia Cristiane Gonçalves Costa

    Boa tarde! Estou desempregada e estou querendo adquirir esse produto.

      1. Rei

        Gostaria de saber se o curso é para advogados também ou somente para contadores?

  2. Caio Rezende

    E quanto aos processos judiciais há alguma abordagem prática ?

  3. Meu nome é Brunno Savino, sou contador, tenho um escritório contábil no interior de Minas, meus clientes são bem pulverizados e na grande maioria são pequenos, preciso e quero aumentar meus ganhos e tenho pensado muito em recuperação de imposto, mas tenho receio de não dar conta por não ter experiência nisso.

  4. Cristiane

    Quero saber mais.

  5. Luiz Pires de Mattos Filho

    Gratidão pela oportunidade de aprender e poder dar início a um projeto que a muito tempo existe apenas no campo das idéias!

  6. Jorge Aparecido Cocchi

    Sou economista e técnico em contabilidade, posso abrir uma empresa de recuperação tributária?

  7. Marcelo Castro de Aguiar

    Tenho projetos no mesmo sentido que você aponta. Gostaria de realizar uma parceria.

  8. Jairo Conceição de Lima

    Sou contador e penso abrir uma Consultoria Tributária; tenho interesse no curso para começar

  9. IVANILDO

    GOSTARIA DE ATUAR NA RECUPERAÇAO TRIBUTARIA

  10. Valéria

    Eu tenho interesse no curso, mas não tenho Facebook. Tenho direito a algum desconto?

  11. Martins Afonso MACIEL LEMOS

    No aguardo de mais informações. O assunto é de grande relevância

Deixe um comentário